Seguidores

sábado, 27 de setembro de 2008

RAZÃO DAS DIFICULDADES



Corres, corres e mais corres, mais longe te parece o alvo a alcançar.

E tu nem percebes que és tu mesmo que alongas esta estrada, és tu mesmo que prepara os abismos que encontras a tua frente, és tu mesmo que faz os espinhos e os cipós crescerem e se entrelaçarem, és tu mesmo que torna o solo bom em um pântano, onde te afundas e já te sentes sem forças para continuar.

Para cada não que destes ao teu próximo um abismo se abriu, para cada omissão que cometestes uma rede de cipós e espinhos surgiu, para cada momento em que faltastes com a verdade um pedaço do solo se abria transformando-se em pântanos e lodo.

Agora sabendo das causas que fazem a tua estrada mais longa e difícil, cabe a vós, unicamente a vós recorrer a vossa consciência e corrigir os Não que destes, as omissões que praticastes e a inverdade que pregastes.

Tens a resposta para tornar o teu alvo mais perto de vós, tens aí os meios para encontrar a tua estrada, tens em mãos a fórmula que farás da tua vida uma vida de paz.


Ditado por João de Albuquerque

psicografado por Luconi
Em 04/07/1980.


Nenhum comentário:

Postar um comentário