Seguidores

terça-feira, 20 de outubro de 2009

A HONRA NATURAL

UM GRAU DE HONRA ANTES DE NASCER.

Gabriel, o anjo mensageiro de Deus, foi enviado à Maria para lhe informar que o poder do Altíssimo lhe escolhera e ela daria a luz a um menino que seria grandioso em sabedoria. Maria, pasma, perguntou como se faria isso? Por esta razão, respondeu-lhe o Anjo. “O espírito de Deus virá sobre ti e o nascido será chamado o Filho de Deus”. Para confirmação à Maria sobre o nascimento do Cristo Gabriel prossegue: “tua parenta Isabel deve ter um filho, este é o sexto mês, porque mesmo sendo estéril na velhice, nenhuma declaração sua é impossibilidade para Deus”.

Maria aceitou o recado de Gabriel e com amor e alegria exclamou: “Eis a escrava de Deus, cumpra-se em mim conforme os seus requisitos”. Assim que o anjo Gabriel partiu Maria se arrumou e foi visitar sua prima Isabel, esposa de Zacarias, que morava nas montanhas da Judéia.

Da casa de Maria até chegar a Nazaré era uma longa viagem, talvez três ou quatro dias. Lá chegando, em casa de Zacarias, Maria, ao cumprimentar sua prima Isabel, esta fica cheia de harmonia e abençoou Maria dizendo: "Que privilégio tenho eu de receber em minha casa a mãe do filho de meu Senhor!" e assim que ouviu a voz de Maria a criança que estava na madre de sua prima pulou de alegria.

Maria, ao ouvir isso, respondeu com grande gozo: Minha alma santifica a Deus e meu espírito não pode deixar de encher-se de regozijo por Deus pois ele olhou para minha situação de humildade e sei que de hoje em diante todos me chamarão de bem aventurada porque Deus fez grandes coisas para comigo.

Apesar de se tornar virtuosa e grande, Maria coloca toda essa honra aos pés de Deus dizendo: "Santo é o nome de Deus, seja a sua bondade e misericórdia sobre todos os que o temem".

Daquele dia em diante Maria prosseguiu santificando o nome de Deus e suas verdades, espalhando as más intenções dos corações dos soberbos, derrubando os poderosos de seus tronos, elevando os humildes, saciando os famintos e dispensando de mãos vazias os que tinham riquezas.

Maria ficou com Isabel por 50 dias e foi de grande ajuda para sua prima nas últimas semanas de gravidez.

Deve ter sido esplendoroso ver ambas grávidas, fiéis, juntas e com a benção de Deus nesse período de bem aventurança.

Notemos, pois, que Jesus Cristo foi recebido com muita honra, mesmo antes de nascer. Estando, ainda, na madre de Maria, já estava sendo respeitado como homem e chamado de Senhor, entretanto, como sabemos, muitos lhe faltaram com o respeito.

Um comentário:

  1. O exemplo de MARIA é de pura fé,amor, humildade e entrega total ao Senhor, exemplo a ser seguido por todos nós seus filhos, bravos Renato esta mensagem nos lembra o exemplo a ser seguido sempre. Beijos Luconi

    ResponderExcluir