Seguidores

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

O VENENO DA LINGUA



Conta-se que certa vez um mercador grego, rico, ofereceu um banquete com comidas especiais.

Chamou seu escravo e ordenou-lhe que fosse ao mercado comprar a melhor iguaria.
O escravo retornou com belo prato.
O mercador removeu o pano e assustado disse: - Língua?!!
Este é o prato mais delicioso?
O escravo, sem levantar a cabeça, respondeu: - A língua é o prato mais delicioso, sim senhor.
É com a língua que pedimos água... ...dizemos "mamãe", fazemos amigos, perdoamos.
Com a língua reunimos pessoas, dizemos "meu Deus", oramos, cantamos, dizemos "eu te amo”...
O mercador, não muito convencido, quis testar a sabedoria de seu escravo, e o mandou de volta ao mercado, desta vez para trazer o pior alimento.
O escravo voltou com um lindo prato, coberto por fino tecido.
O mercador, ansioso, retirou o pano para conhecer o pior alimento. - Língua, outra vez?!!, Disse, espantado.
-Sim, língua, respondeu o escravo.
É com a língua que condenamos, separamos, provocamos intrigas e ciúmes, blasfemamos.
É com ela que expulsamos, isolamos, enganamos nosso irmão, xingamos pai e mãe...
Não há nada pior que a língua; não há nada melhor que a língua.
Depende do modo que a usamos.
A língua dos sábios derrama o conhecimento, mas o coração dos insensatos não procede assim.
Provérbios 15:7
Autor Desconhecido.

3 comentários:

  1. Realmente, minha amiga, a língua pode nos trazer grandes dissabores e grandes "verdades"... Meu carinho. Teresa.

    ResponderExcluir
  2. Não esqueça minha amiga,
    que a lingua quando se liga
    em boas ações é virtude.
    E quando não é instrumento da paz
    coitado daquele que faz
    desta arma seu portador.
    Oramos minha gente amiga
    pelos que ainda estão em eterna briga
    com esta lança mortal.
    Pois se for bem aproveitada
    certamente é arma abençoada
    na ajuda a todo o irmão.
    Parabens Luconi querida
    pelo respeito que voce lida
    com estes temas tão verdadeiros.
    O que seria da nossa vida
    senão encontrássemos uma saída
    quando todas as portas se fecham.
    Mas ainda bem que Deus nosso Pai
    que nunca desampara quem sai
    do caminho da redenção.
    Abraços linda.

    ResponderExcluir
  3. Luconi, minha querida. Este texto é maravilhoso. Tudo que temos e que é dado por Deus é maravilhoso. O que fazemos com cada uma destas coisas, é que faz a diferença. Podemos usá-las para o bem ou para o mal. Aí está nosso livre arbítrio. E que seja sempre para o bem. Assim, podemos garantir futuros mais felizes. Obrigada por sua visita ao meu blog. Fique com Deus. Beijos.

    ResponderExcluir