Seguidores

domingo, 7 de agosto de 2011

A VERDADE DE CADA UM




Abrir-se para as verdades da vida, é algo bem complexo, principalmente para os seres humanos encarnados nesta terra.

Não é fácil, cada um está em um estágio, cada um em um aprendizado e cada um tem as suas verdades. Verdades que podem estar totalmente distorcidas ou não, mas são as suas verdades, o seu modo de ver a vida.

Então nem sempre a verdade de um é a verdade de outro, e na verdade os dois estão certos. São os dois lados de uma mesma moeda.

Refletindo sobre isso vemos que muitas vezes podemos ter pensado mal de uma pessoa que na verdade estava agindo segundo a sua verdade e para ela nós somos os errados.

Partindo deste ponto, paramos e reflitamos o quanto é necessário sermos mais condescendentes, nos colocarmos no lugar do outro, e principalmente avaliarmos o mundo que esse outro foi criado, os valores que ele aprendeu com esse mundo. Por isto mesmo que o Mestre nos orienta a não julgar, não estamos aptos para isso.

O que não conseguimos entender devemos pacientemente aguardar que o tempo nos traga a resposta, por mais que demore um dia ela virá e com certeza veremos o quanto fomos sábios em ter paciência para entender.

Agindo desta forma, não julgamos, não somos injustos e até criamos a oportunidade de poder ajudar a um irmão necessitado de amparo, por mais que ele tenha agido errado sempre existe um porquê, e este porquê pode estar em um passado bem distante, enraizado em sua alma.

Portanto saiba estender as mãos, sorrir, abrir o coração, sem querer antes saber o porquê, não importa, importa a tua oportunidade de plantar a boa semente, que por mais que digam que a terra está árida, esteja certo um dia, na hora certa, o Pai providenciará a chuva sobre esta terra seca, e a semente então em boa hora germinará e não se perderá.

Fiquem na paz do Senhor.

Ditado pelo Irmão da Paz
psicografado por Luconi
em 29-07-2011

14 comentários:

  1. Abrir as mãos para ajudar sem saber os motivos...Isso por si só é lindo! abraços, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. querida luconi abrir as mãos e o coração
    semear amor paz fé esperança,simpatia cordialidade
    pode ser o remedio que falta a humanidade para tratar as doenças do ódio da desumanidade que assola o mundo,destruindo familias inteiras
    a juventude,tão perdida.lido texto parabens amiga com carinho marlene

    ResponderExcluir
  3. Marcia,que linda msg!Temos mesmo muito a aprender,pois fazemos julgamentos a toda hora!Uma msg preciosa!Bjs,

    ResponderExcluir
  4. Luconi, uma coisa q descobri é q ainda temos muita dificuldade de enxergar além "do nosso próprio umbigo", por isso somos muito egocêntricos. Dessa forma, queremos q os outros vejam o mundo do mesmo jeito q nós vemos, resolvam os problemas como nós resolvemos, vivam da forma q nós vivemos. Mas é como vc disse, cada um está em um nível de progresso espiritual e chegará o dia q iremos compreender o nosso irmão. Muita paz!

    ResponderExcluir
  5. Só podemos compreender e perdoar, quando passamos a nos compreender e exercer o auto perdão!

    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Oi minha linda, vc foi sorteada em meu blog, corre lá para pegar o teu livro, ja ate te enviei email; é que se passar de tres dias, teremos que fazer novo sorteio, bjs e vai logoooo

    ResponderExcluir
  7. Amei essa parte: "O que não conseguimos entender devemos pacientemente aguardar que o tempo nos traga a resposta, por mais que demore um dia ela virá e com certeza veremos o quanto fomos sábios em ter paciência para entender."
    Pura verdade!
    Beijocas, minha amada!

    ResponderExcluir
  8. Linda mensagem. É muito importante sabermos respeitar a opinião do outro, o tempo do outro e mesmo pq não sabemos que está mais a frente na evolução aqui na Terra. Podemos estar redondamente enganados no que achamos.
    bjokitas mil :)

    ResponderExcluir
  9. Isto Luconi querida é de uma profunda verdade oculta,a verdade sempre estará na pessoa,no dono,e quando nos encontramos proximos desta percepção, há uma evolução/revolução do ser.
    Muito bom este texto como sempre né?
    Meus abraços.
    Bju.

    ResponderExcluir
  10. Amada irmã Luconi,

    Saudades....
    Não sei dizer se o coração de nossos conterrâneos os Portugueses estão mais sensíveis que os nossos. Tenho muitos amigos da Terra distante e todos têm reclamado dos maus tratos com os animais, da falta de sensibilidade, respeito e amor com nossos irmãozinhos.
    Como nós seres humanos somos “fracos” diante de certas situações, não é mesmo? Acredito ser difícil parar um vício, mas não é impossível. Creio também que você é uma pessoa bem maior que tudo isso, ou seja, o “cigarro”. "No Além o problema da dependência do cigarro continua até que a impregnação dos agentes tóxicos nos tecidos sutis do corpo espiritual ceda lugar à normalidade do perispírito, o que, na maioria das vezes, tem a duração do tempo correspondente ao tempo em que o hábito perdurou na existência física do fumante..." (Fumo, Perispírito e Mediunidade -Chico Xavier/Emmanuel) Diante dessa realidade o melhor mesmo e parar, sei que conseguirás dar a volta por cima. Comece hoje mesmo lhe oferecendo esse presente.

    Abraços de luz volte sempre

    OBSERVAÇÃO: Segue abaixo alguns endereços de sites nacionais para ajudar nossos animais, sei que irás gostar.
    (Por favor assine as petições e divulgue para nossos irmãos)

    http://www.institutoninarosa.org.br/textos/303-assine-as-peticoes-para-ajudar-os-animais
    http://www.anda.jor.br/
    http://www.animaisdecirco.org/index.htm
    http://e-activist.com/ea-campaign/clientcampaign.do?ea.client.id=101&ea.campaign.id=4207

    ResponderExcluir
  11. Auxiliar sem olhar a quem, sem medir esforços, sem condição, isto é amor, haverá outra razão se não dividir, dar ao outro o que gostaria de recebermos.
    O tempo urge assim diz os ventos que nos sopram, hora da mudança, de organizar os sentimentos renovar-se em busca de aprimoramentos.
    Somos todos passageiros desta incrível viagem, apesar de nossas diferenças, estamos no mesmo plano, nas mesmas oferendas aos direitos de reparação. Há os degrais de ascensão, uns mais acima, outros mais abaixos, outros no mesmo degrau que nós, os laços da afinidade. portanto que não ousemos olhar a ninguém de cima a baixo, quando se desconhece o degrau que se habita, quando todos somos imperfeitos.

    Minha amiga, é muito bom passar por aqui e ler os textos tão esclarecedores de ânimo e fé.

    Passei por lá no outro blog teu, mas mais uma vez a imagem de baixo inibe-me o poder de clicar em comentários...

    Fica aqui a minha posição, a bendizer os teus versos, algo a descrever-te no percurso do caminho, nos haveres em desalinhos e nas tentativas de mudança.
    É tudo lindo e profundo, o que vem de ti.

    Feliz fim de semana.

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  12. Muitas Vezes Deus Tira Alguem Que
    Amamos Tanto.
    Mais Esse Mesmo Deus Traz Alguem
    Que Aprendemos Amar..
    Por Isso NÃo Devemos Chorar
    Pelo Que Nos Foi Tirado
    E Sim ..Aprender A Amar O
    QUE Nos Foi Dado ..
    Nada Que È Nosso Vai Embora Para Sempre.
    A Você Com Muito carinho um
    feliz Domingo (DIA DOS PAIS)
    Beijos No Coração.
    Evanir

    ResponderExcluir
  13. Querida amiga

    A verdade não nos pertence
    de forma total.
    Em cada ser humano
    existe um pouquinho dela.
    Resta-nos aprender
    com cada pessoa
    que passa por nós,
    a unir as partes...

    Viver é sentir os sonhos
    com o coração.

    ResponderExcluir
  14. Bom alvorecer!
    Reflexição para o dia de hj...
    Deus é Pai (Poema)
    Composição: Fábio de Melo

    Quando o sol ainda não havia cessado seu brilho,
    Quando a tarde engolia aos poucos
    As cores do dia e despejava sobre a terra
    Os primeiros retalhos de sombra
    Eu vi que Deus veio assentar-se
    Perto do fogão de lenha da minha casa
    Chegou sem alarde, retirou o chapéu da cabeça
    E buscou um copo de água no pote de barro
    Que ficava num lugar de sombra constante.
    Ele tinha feições de homem feliz, realizado
    Parecia imerso na alegria que é própria
    De quem cumpriu a sina do dia e que agora
    Recolhe a alegria cotidiana que lhe cabe.
    Eu o olhava e pensava:
    Como é bom ter Deus dentro de casa!
    Como é bom viver essa hora da vida
    Em que tenho direito de ter um Deus só pra mim.
    Cair nos seus braços, bagunçar-lhe os cabelos,
    Puxar a caneta do seu bolso
    E pedir que ele desenhasse um relógio
    Bem bonito no meu braço
    Mas aquele homem não era Deus,
    Aquele homem era meu pai
    E foi assim que eu descobri
    Que meu pai com o seu jeito finito de ser Deus
    Revela-me Deus com seu
    Jeito infinito de ser homem.
    Bjssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir