Seguidores

domingo, 29 de julho de 2012

AMOR DOENTIO SOFRIMENTO CERTEIRO





Amar, amar, amar, quanto sofrimento existe nesta vida e na outra em nome de um sentimento tão nobre, que por si só deveria apenas gerar alegria.

Vejamos bem, do amor origina-se a bondade, a caridade, o perdão, a compreensão, a fraternidade e tantos outros sentimentos e atos que só originam a felicidade e a paz de espírito.

Então por que tantos e tantos espíritos encarnados e desencarnados fazem questão de atribuir os seus sofrimentos ao amor, será que estes realmente estão sabendo distinguir o sentimento que sentem?  Ou será que o egoísmo, o orgulho, a necessidade de poder, necessidade do controle de todos, deturparam este sentimento tão nobre, transformando-o, tornando-o doente?

Em nossas experiências com espíritos que sofrem e culpam o tal amor, percebemos que na verdade este tal amor foi sufocado por ervas daninhas originárias dos sentimentos mais baixos, nada nobres.
E isto acontece em qualquer tipo de amor, o fraterno, o filial, o maternal ou paternal e o amor entre um homem e uma mulher.

Vemos então não só o sofrimento daquele que ama de forma errada, como também o sofrimento daquele que recebe este amor doentio, este sem dúvida se torna vítima de algoz poderoso quando não consegue se libertar do domínio e viver a sua experiência carnal utilizando de seu livre-arbítrio.

No entanto, como nada é o acaso, se a vítima de hoje pode ter sido o algoz de ontem, e justamente o reencontro com esta pessoa que o ama de forma tão opressora, é para que ele possa reparar o erro do passado, não se entregando ao poder desta pessoa, mas sim com muita paciência e amor, não deixando de ser o que é, aos poucos fazê-la arrancar de dentro de si todo egoísmo e orgulho.

Assim sendo, filhos se tornam mestres dos pais, irmãos mestres de irmãos, marido mestre da esposa ou vice-versa, amigo mestre do amigo.

Caso você seja portador de um amor doentio, que tira o livre-arbítrio de quem é alvo desse amor, faça um exame em silêncio dentro de você mesmo e seja realmente honesto com você, procure as razões, arranque as ervas daninhas, pois quem ama quer antes de tudo a felicidade daqueles que é alvo de seu amor. E ninguém é feliz, sendo podado, não podendo escolher seu caminho, não podendo seguir seus ideais, não importa se irá bater a cabeça, o importante é que baterá pela sua própria escolha e aprenderá a lição.

Lembre-se ninguém é feliz sem ser o que realmente é, ninguém poderá usar como desculpa por não ter feito isso ou aquilo o amor doentio de alguém, mas este alguém com certeza responderá pelo atraso daquele que podou o caminho através de amor doentio.

Termino por pedir que vigiem os seus sentimentos, não permitam que ervas daninhas abafem os sentimentos positivos e jamais deixem de lutar ou fazer aquilo que o seu coração manda dentro das leis do amor que Nosso Senhor Jesus Cristo exemplificou.


Ditado pelo Irmão da Paz,
psicografado por Luconi
em 17-07-2012

7 comentários:

  1. Bom dia, Luconi! Belo texto... para mim, o amor é um sentimento que só deve trazer felicidade. Mesmo que haja dificuldades, o amor as superará. mas quando ele traz ciúmes, ansiedade, agressões físicas ou verbais, é lógico que há algo errado, e não se pode deixar passar em branco. Neste caso, na maioria das vezes, é melhor que cada um siga seu próprio caminho. Bom domingo!

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Luconi
    Sim... abaixo o amor que ficou doente!!!
    Seja feliz e abençoada!!!
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
  3. Marcia,uma msg muito importante especialmente nos dias de hoje quando há tantos amores cheios de ciumes e tudo mais!Adoro o Irmão da Paz!bjs,

    ResponderExcluir
  4. Olá, Lucone. Belo texto. Ninguém poder ser feliz sendo podado. O amor doentio só tráz infelicidade! Obrigada pela partilha e carinhosa visita. Uma semana abençoada pra vc e todo carinho!

    ResponderExcluir
  5. Luconi
    A crõnica e extremamen bem fundada, no grande humanismo. Faz pena pena ver tanto egoismo. Se repararmos bem o mundo se torna num abismo. Valem os de boa vontade, os sãos de espirito, para que o universo seja amado.
    Reportando-a fado, atrevo-me a dizer qua a sua segunda capital está em São Paulo, mormente,mno "ALFAMFAMA DOS MARINHEIROS" e na "CASA DE PORTUGAL".
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Luconi querida,
    Excelente e linda mensagem de nosso querido irmão da Paz!
    Quantas palavras cheias de amor verdadeiro ele nos passa, dando-nos prova do quanto é importante saber amar e direcionar o amor aos demais irmãos.
    Amei o texto! De grande sabedoria e reflexivo!
    Grande beijo, amiga. Estou com saudades de você.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga

    Penso que viver
    é semear com palavras,
    imagens e sonhos
    palavras que acordem
    o belo,
    o justo
    e o melhor do mundo
    em outras vidas.

    Que este seja o nosso
    compromisso com a vida

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir