Seguidores

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O HOMEM ORIGINA SUAS ATRIBULAÇÕES



O dia amanheceu nublado, os ventos cada vez mais faziam com que nuvens acinzentadas se acumulassem no céu, as folhas das árvores se desprendiam e pelo chão caiam, tudo indicava uma paisagem nostálgica o convidando à reflexão ou à introspecção.
 
Lembranças tristonhas invadem a alma, fazendo com que mais e mais se embutisse dentro de si mesmo.

Desta forma, os dissabores recentes de seu dia a dia começam a tomar vulto dentro de si mesmo e sem se dar conta passa a olhar tais acontecimentos de uma forma invertida, de um prisma que inventou dentro de sua mente.

Então tudo toma uma importância gigantesca, sente-se diminuído, menos prezado, o orgulho ferido toma conta originando uma enorme insatisfação, ou a raiva tomará conta fazendo com que atitudes impensadas e injustas sejam tomadas ou sentindo-se injustiçado e impotente permitirá que a prostração o domine, pois para si não vê saída.

 
Infelizmente, assistimos constantemente este quadro nos irmãos encarnados, toda vez que permitem que seus pensamentos voem para fatos tristes de suas vidas, comprazendo-se em relembrá-los sem nenhuma atitude positiva, sem nenhuma intenção de verificar o que poderia ter-se feito para que tal fato não acontecesse ou se era inevitável o acontecimento, procurar a lição para si que o acontecimento lhe proporcionou, caso tenha sido uma ofensa, verificar com imparcialidade todos os ângulos da questão e perceber que nem sempre tudo é como parece e que a única forma de apagar o acontecimento é perdoar-se e perdoar, ou seja, relembrar de forma equilibrada, racional.

Mas espírito encarnado dificilmente consegue verificar situações que anteriormente o magoaram de forma equilibrada, a tendência é sempre se perder nas malhas das emoções.

Uma vez que o ser encarnado sempre é muito suscetível a energias negativas, no momento que ele se compraz nas tristes lembranças, imediatamente forma ao seu redor uma energia negativa extremamente destrutiva que chamará irmãos desencarnados não evoluídos, que se alimentam destas energias. 
Estes irmãos irão incentivar a mente do encarnado que se verá numa armadilha que ele mesmo armou para si quando se entregou a relembrar um passado que já um dia muito mal lhe fez.


Hoje, nesta simples mensagem, minha intenção é mostrar a vocês como a humanidade procura para si mesma suas maiores atribulações, seria tudo tão mais fácil se ao menos os irmãos mantivessem suas mentes em alerta, procurando analisar cada sentimento que queira tomar conta de seu ser, de sua razão.

Muitos casos de depressão iniciam desta forma, como também, muitos desentendimentos, rinjas, inimizades que duram uma vida toda, são originárias de um momento onde a emoção negativa dominou totalmente a razão e os envolvidos se comprazem em relembrar o momento do desentendimento intensificando as emoções, tornando-se um circulo vicioso, onde nenhum dos envolvidos consegue achar a saída.

Reflitam sobre isso, retirem para vocês o que acreditarem que possa ajudá-los, mas principalmente sejam honestos com vocês mesmos, este com certeza é o primeiro passo.


Deus os abençoe,


Ditado por Irmão José
psicografado por Luconi
em 05-08-2012

4 comentários:

  1. Grandes verdades e mensagem importantíssima. Todos precisamos dela!!beijos,lindo dia!chica

    ResponderExcluir
  2. Nossa vida se encaminha de acordo com as nossas escolhas ou por causa da falta delas.
    Muito sábio, amada!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  3. Luconi,muito linda essa msg!E de fato temos que estar sempre alertas,ainda mais quem tem muita sensibilidade,pois as atribulações podem vir do nada!Bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  4. Ficar lembrando fatos desagradáveis, guardando mágoas, isto é uma fonte de sofrimentos. Bela página do Frei josé.

    Gostei muito deste seu espaço e voltarei outras vezes, por isso sigo por aqui, também.
    Beijos.

    ResponderExcluir