Seguidores

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

ÁGUA DA VIDA A ÚNICA CURA





Alguns são levados pela dor, que os abate e quando o desespero toma conta de seus seres, como náufragos exaustos agarram - se a suas últimas forças lutando desesperadamente para se salvarem, então o a primeira porta aberta, aos primeiros braços estendidos se agarram e deixam - se encaminhar para o seio de Cristo, onde suas chagas receberão o bálsamo do Amor Maior, e finalmente sorverão as palavras do Mestre que sua alma absorverá como terra ressequida.


Somente quando o desespero não mais existir e as feridas estiverem tratadas é que se saberá se a água da vida que sua alma recebeu a tornou fértil para as sementes de amor e fé ali cultivadas, dando a oportunidade para que as mesmas brotem, cresçam e deem frutos.


Outros não é a dor que os leva, são viajantes que algumas vezes foram náufragos da vida e que tiveram sementes plantadas e regadas pela água da Vida, através de irmãos anônimos que não levantavam bandeira de nenhuma fé específica, mas que tinham fé e exemplificavam através de seus atos naturais de bondade sem até o perceberem, pois a bondade vinha do fundo de suas almas imortais, então de repente aos poucos uma ânsia de entender a bondade de tais irmãos aos poucos, mansamente vai crescendo e eles passam então a sentir uma necessidade imensa de ouvir falar do Criador, de Jesus, a sua alma passa a ter fome do entendimento maior e então procuram grupos religiosos, não importa qual, para saciarem a sua fome. Nestes a semente já está germinada, a terra já está fértil e a colheita é certa.


Nos dois casos, a Obra é do Pai, apenas o primeiro não conseguiu entender enquanto o sofrimento não bateu a sua porta, às vezes muitas vezes precisou bater, muitas vezes a água da Vida recebeu e logo esqueceu no corre corre da vida material, até que um dia algo o faz se lembrar daquela porta aberta, daqueles braços estendidos e se lembra da sensação de bem estar, de paz que o invadia e só então independente de estar em sofrimento ou não, por si só procura aquela porta, aqueles braços estendidos, só então as sementes germinarão, só então estará apto a entender, a compreender e terá sede do Criador, de Jesus, do Amor Maior.


Não sei qual é o caso de cada irmão que a estas linhas chegou, mas afirmo que acasos não existem, que tudo no universo é regido pelo Pai e que o mais simples acontecimento por Ele é ocasionado.


Então pare um instante, reflita e antes de entender a Jesus e seus ensinamentos tente entender a você, descubra-se e diante de si mesmo fique nu, tire todo o supérfluo de sua alma e deixe apenas o que é real, sem desculpas, não precisa se desculpar, o Pai o vê assim de alma nua, onde a tua realidade não consegue se esconder Dele nem do Mestre amado, depois deste exame perceba, sinta, qual seria o verdadeiro bálsamo para tua alma e vá ao encontro deste bálsamo, que com certeza ganharás a paz, uma incrível sensação de bem estar e a certeza que por mais que os ventos tentem derrubar os teus galhos, você se manterá de pé e sairá fortificado e o teu caule se transformará em tronco forte que sustentará a muitos pássaros e os ventos fortes não mais te perturbarão porque a tua fé te manterá firme.



Que a paz do Senhor contigo esteja e que farol de muitos te tornes.


Ditado pelo Irmão da Paz,
psicografado por Luconi,
em 03-08-2015

Um comentário:

  1. De nada valerá a busca por Deus, sem se amar, sem se entender
    que faz parte de um todo. Amar-se e se tornar um semelhante fiel.
    Belo texto amiga.
    Beijos

    ResponderExcluir