Seguidores

domingo, 28 de novembro de 2010

MELHOR NÃO SER DO QUE SER DE FORMA HIPÓCRITA




Estar de braços abertos mãos estendidas para a vida, é a atitude do verdadeiro cristão.
Ele nunca apedreja, nunca julga nunca se considera o dono da verdade, pelo contrário ele sabe que nunca o ser humano tudo sabe, que ele é um aprendiz e que até com o mais simplório dos irmãos tem muito a aprender. Uma vez que cada um traz consigo experiências de vida diversificadas.
Sabendo ouvir um irmão, tanto podemos muito ajudar como também muito estamos aprendendo, muitas vezes o maior beneficiado somos nós mesmos.
Muito cômodo aquele que ao saber de um irmão em dificuldade se limita a lamentar e justificar a omissão com frases do tipo “ ele procurou isto “ “ele plantou agora colha” ou então “ tenho a minha família” “ a gente ajuda depois leva um pé” e tantas e tantas desculpas que realmente nunca irão justificar a omissão.
Tentar ajudar, sabendo ser humilde, nunca cobrando a ajuda, entendendo que cada um está num estágio de evolução, não é porque somos nós que ajudamos é que necessariamente somos nós os mais evoluídos espiritualmente, normalmente a situação é bem inversa, normalmente quem presta ajuda é o que mais deve as leis divinas que está lhe dando uma oportunidade de resgatar seus débitos.
Torna-se para o ser humano mais fácil prestar auxílio a um irmão distante, sem vínculos de sangue, sem nada exigir em troca, do que para aquele que é seu parente. Infelizmente àqueles do seu sangue, ele costuma guardar mágoas, fazer julgamentos, e depois de muito relutar quando o amor fraternal vence, ele ajuda, mas espera sempre uma mudança de atitude do auxiliado. O que muitas vezes acaba em novas rixas, uma vez que quer impor sua forma de ver a vida não respeitando o livre arbítrio de cada um, fazendo com que o necessitado se sinta humilhado e eternamente devedor.
Quando é que os homens irão entender que o verdadeiro amor jamais cobra, ele simplesmente respeita, ampara, e jamais se sente fazendo uma caridade ao ajudar, pelo contrário sente-se satisfeito e feliz, se realiza na felicidade de seu próximo, seja ele um parente, um amigo ou desconhecido.
Estas são as verdadeiras atitudes do verdadeiro Cristão, mas mesmo aqueles que se dizem ateus, ou professem outra fé, se agirem desta forma, com o peito aberto reluzindo de amor, eles sem dúvida alcançarão a evolução espiritual, em muito maior grau do que aqueles que batem no peito e dizem eu sou Cristão, mas mantêm atitudes radicais, julgando, humilhando e desrespeitando o livre arbítrio de seu próximo.
Reflitam sobre este tópico SER CRISTÃO, será que realmente precisamos dizer a toda hora que o somos? Não seria melhor deixar nossas atitudes, nossos atos, falar por nós?
Ditado pelo Irmão da Paz
Psicografado por Luconi
28-11-2010

2 comentários:

  1. Minha querida se todos pensassem assim o mundo seria bem melhor, precisamos ter coragem e gritar ao mundo estas coisas,
    beijos
    Menduina

    ResponderExcluir
  2. A hipocrisia é sempre abominável.Ser autênticos em tudo é preciso!LLinda e sábia mensagem.beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir