Seguidores

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

NOVO ANO, NOVOS CANTEIROS



Novo ano, nova vida, novas esperanças, nova oportunidade de fazer um caminho melhor, de semear a boa semente para que no próximo ano novo ao olhar para trás você veja por todo caminho passado belos canteiros de flores.


Verás sorrisos, olhos agradecidos, esperanças renovadas, sonhos renascidos.


Sentirás então uma energia de fraternidade tão positiva que te impulsionará para frente e perceberás que caridoso não foi você que foi o jardineiro, mas o Pai que te deu oportunidade de trabalhar em sua seara e que o maior necessitado era você.


Então sorrirás e com lágrimas de agradecimento desejarás para o ano que se inicia a mesma oportunidade para ser um instrumento nas mãos do Pai, o verdadeiro Jardineiro da vida.


Ditada por Gilson Gomes
psicografada por Luconi

em 17-12-2014

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

BALANÇO DA VIDA PARA RECOMEÇAR



Um novo ano, um novo propósito, novas esperanças surgindo, antigos sonhos renascendo.

É um momento onde a energia da renovação está presente muito forte, todos podem senti-la.

Então, por que não aproveitar este momento e deixar de lado os nossos desejos e conquistas terrenas e nos voltarmos para o balanço de nossas aquisições espirituais.

Sim, por que não fazer uma planilha de débitos e créditos, sendo extremamente honesto consigo mesmo.

O que poderia ter feito melhor?

O que não deu certo, por quê?

Coloquei na frente de minhas decisões, meu ego, minha vaidade?

Quantos laços de amizade estreitei?

Porque me omiti com este ou aquele próximo ou com esta e aquela situação?

Tentei tornar meu lar um lugar de paz e refazimento de energias para os meus familiares?

Fui compreensivo ciente de minhas imperfeições, não julgando ninguém?

Soube ouvir o meu próximo?

Vi a todo o meu semelhante como meu irmão?


Estas são algumas das questões que devem constar no seu balanço e no final dele você saberá se estacionou, regrediu ou caminhou para a frente no caminho da evolução espiritual.


A partir daí traçar novas metas, conhecedor de quais são os seus pontos fracos, as doenças de seu espírito milenar que devem ser tratadas e os pontos positivos que estão fracos que devem ser fortalecidos.


Garanto que se esforçando para alcançar a meta traçada, você chegará ao novo ano que virá, com uma sensação de dever cumprido, uma sensação de paz.


Verá que vale a pena continuar o seu balanço e rever suas metas.



Fiquem na paz do Senhor,



Ditado pelo Irmão da Paz,
psicografado por Luconi
em 17-12-2014 


sábado, 27 de dezembro de 2014

MORRA POR JESUS DA FORMA CERTA





Por Jesus eu morreria isto eu ouvi de um irmão encarnado, em sua pregação.

Mas de que adiantaria, eu pergunto, se morres levando contigo toda tua radicalidade?


Meu amigo, Ele mesmo disse ser necessário morrer para nascer para uma nova vida.
Ora dois ensinamentos estão aí de forma bem clara, e um terceiro está subentendido.


Primeiro: Necessário matares o teu eu vicioso, preso a dogmas, ao teu ego e a tua verdade para que nasça um novo eu, renovando, consciente de tuas imperfeições e limitações, mas pronto para uma nova vida, plena, onde a única lei seria a do amor, sim somente desta forma nascerias para uma nova vida.


Segundo: Seria o ensinamento da vida espiritual, onde é necessário a morte física para então o espírito livre consequentemente nascer para a vida  espiritual, voltando para sua verdadeira pátria.


Também podemos perceber o terceiro ensinamento sutilmente contido nas entrelinhas: Para nascermos novamente é necessário primeiro que morramos para então podermos ter a oportunidade de uma nova vida terrena. Seria o ensinamento da reencarnação.
Mas veja os três ensinamentos são unicamente espirituais.


Quando no inicio do cristianismo os cristãos eram mortos, morriam para não renegar a Cristo, mas de forma nenhuma procuravam deliberadamente situações que os colocassem em perigo iminente cuja morte seria certa.


Por que a vida é presente de Deus e nosso aparelho carnal ao Pai pertence, não temos o direito de dele nos despojarmos propositalmente.


Já o nosso eu vicioso é nossa meta, para atingirmos a evolução, eliminá-lo, fazendo aos poucos surgiu um eu puro, fazendo renascer a nossa verdadeira essência.


Então, vamos morrer todos os dias por Jesus, matando aos poucos os vícios de nosso eu interior, isto sim, é sacrifício que O satisfaz, pois nos levará diretamente para a evolução.



ditado por João de Albuquerque
psicografada por Luconi
em 17-12-2014


segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

A MAIS IMPORTANTE NOITE DA TERRA- NOITE DE NATAL



Em nenhum lugar do universo aquela noite foi igual as outras.

Na Terra a luminosidade do Universo a fez mágica, todo ser vivente sentia-se envolvido por uma atmosfera que os enchia de paz, uma paz inexplicável, repleta , que acalmava os anseios de seus corações até dos mais endurecidos.

Em Belém vinha ao mundo o Messias, o Iluminado, tão esperado.
Este momento fora muito divulgado pelos profetas da antiguidade, não era só conhecimento dos judeus, muitas localidades do mundo antigo o sabiam.
Era importante desde o início que Ele fosse divulgado, sua vida, sua missão, para todos os povos.

Afinal desde sempre, esta sua última vinda a Terra estava determinada.
Das outras vezes que viera, sua passagem fora importante, marcante, transformando hábitos, plantando sementes dos verdadeiros valores, dando um impulso na evolução da humanidade, mas as que aconteceram na humanidade primitiva, ficaram esquecidas, enterradas nas areias do tempo.

Mas desta vez não, desta vez seria a última vinda, colocaria o ponto final em seus ensinamentos, seria a lição mais importante, aquela que sem precisar das outras resumia tudo o que anteriormente semeara.

Por isto desta vez não só exemplificaria, como também, deveria sofrer na carne o desamor humano, para que desta forma o seu maior ensinamento não se perde-se, mas criasse raiz profunda vencendo o tempo e o espaço.

Sim, aquela noite foi a mais importante deste planeta, e a Espiritualidade rendia Graças a Ele pelo seu grande amor a toda criação de Deus, Seu Pai, Nosso Pai.

Toda criação por que o seu sacrifício não foi só benéfico ao Homem, mas a toda criação Divina, a toda vida do planeta, este Homem é quem tinha a condição de receber e entender os grandes ensinamentos praticando-os em favor de toda vida do p,laneta.

Como aquela noite não existiu e nem existirá, Ele cumpriu a missão, deu-se à humanidade até o último suspiro de seu corpo carnal e ainda voltou como espírito para dar a prova maior àqueles que deveriam propagar os seus ensinamentos.
Os apóstolos, os discípulos muito bem o fizeram, no entanto com o passar dos séculos os ensinamentos foram distorcidos, a radicalidade imperou e impera até hoje e nós perguntamos: Como puderam esquecer?

É tão fácil de lembrar, para facilitar Ele resumiu em poucas linhas: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo”.

Simples e claro, não adianta criar leis, dogmas, inventar nomes para as suas doutrinas, encher cofres de igrejas, santuários, templos, de nada vale nada disso.
Apenas amem a Deus e a seu próximo, com suas diferenças de ser e de opiniões, ninguém é dono da verdade.

Ele mesmo disse: “Porque me chamas de bom? Bom apenas o pai que me enviou o é”.

Isto já diz tudo por si só. Se querem mesmo dar Graças pelo seu nascimento na Terra o façam dia após dia seguindo a sua única e maior lei, assim quando chegar o natal a alegria será de vocês de poderem olhar os céus com a consciência tranquila que não desapontaram Aquele que sem necessitar deixou-se imolar por vocês, por nós.



ditado por Áspargos
psicografado por Luconi
em 17-12-2014