Seguidores

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Controlai os pensamentos

CONTROLAI OS PENSAMENTOS.

Como reagireis na vida diária quando vos confrontardes com testes para a vossa fé ou com provações? Estais inclinados a ficar em pânico ao pensar nos obstáculos e nos desafios que vos confrontam ou encará-los-á de modo equilibrado?

Como alguém diria, não atravesses a ponte antes de chegar até ela; poderá não ser necessário atravessar essa ponte imaginária! Então, por que vos atormentar com algo que talvez nunca ocorra? a ansiedade no coração nos faz curvar.

Muitas vezes o medo do resultado procrastina a decisão, adiando as coisas até que seja tarde demais, entretanto, muito mais sério é o dano que pode ser causado pela ansiedade.

O Cristo, sendo um espírito evoluído e cheio de graça diante de Deus, nos ensinou que o apreço pelas orientações superiores do Pai Celestial pode ser sufocado pelo poder enganoso das riquezas e pela ansiedade.

Assim como os espinhos podem impedir que as plantas cresçam e produzam frutos, a ansiedade descontrolada pode impedir que tenhamos progressos. Produzamos frutos para o louvor de Deus.

Lembremo-nos que a angústia auto infligida, destrutiva, tem impedido que alguns se dediquem a Deus, todavia, por que nos preocupar com o que vai acontecer se não vivemos à altura a nossa dedicação.

Paulo disse que devemos fazer força para trazer o pensamento ansioso para fazê-lo obediente, como o Cristo o fez; que devemos viver com caráter e coragem. Nunca devemos permitir que as influências negativas da ansiedade controlem os nossos pensamentos, porque, na realidade, o Pai Celestial nos convida a lançar nossos fardos e ansiedades sobre Ele.

Façamos as nossas petições a Deus, por meio do Cristo, cuja paz, que excede a tudo, guardará os nossos corações e as nossas faculdades mentais , e, em resposta às nossas persistentes orações, Deus nos dá a calma íntima que protege a vossa mente para não sermos perturbados pela ansiedade desnecessária.

Para que estejamos em harmonia com nossas orações não devemos nos isolar, confiando no nosso próprio entendimento. Jovens e idosos podem recorrer para obter orientações sobre as decisões a serem tomadas, aqueles que tem o modo de pensar em Deus muitas vezes podem nos ajudar a ver o problema de um outro ângulo e, embora não possam tomar decisões por nos, podem, entretanto, ser uma fonte de apoio.

Ninguém pode negar que lidar com problemas reais nos causa tensão e que isso aumenta as preocupações, entretanto, se a ansiedade nos deixa oprimidos e agitados por causa do que poderia acontecer, recorramos a Deus; recorramos às palavra de sabedoria e ao bom juízo e descobriremos que não importa a situação que estejamos, sempre haverá ajuda.

Portanto, façamos planos para aquilo que podemos esperar e deixemos o inesperado para Deus. Lancemos sobre Ele a nossa ansiedade porque Ele tem caridade de nós.

2 comentários:

  1. Querido amigo, mensagem muito sábia, devido ao nosso emocional descontrolado, cometemos muitas faltas, retardamos nosso caminho, uma abraço fraterno a você e ao seu mentor espiritual que tanto nos enriquece. Luconi

    ResponderExcluir
  2. Fé nos da esperança do continuar a sobreviver, um dia por vez mas com dedicação Deus nos mostra o melhor caminho, paz.

    ResponderExcluir