Seguidores

domingo, 19 de maio de 2019

DEPRESSÃO PÂNICO DOENÇAS ESPIRITUAIS



Para uns o tempo corre, para outros já parece tão lento, tão demorado e outros então sentem como se ele não passasse.

Cada qual o sente de uma forma, tudo dependendo do momento que cada um vive. Tem irmãos que vivem no passado dele se alimentam, alegram-se  revivendo bons momentos e a eles se agarram para fugir do presente, ou se entristecem apegados a momentos difíceis aos quais se agarram para alimentarem a mágoa em suas almas.

Nos dois casos não veem a vida passar, o presente lhes foge, o futuro não lhes traz esperanças, porque insistem em ficar no passado.

Os dois casos são bem tristes, esquecem de viver a vida, de aproveitar as oportunidades, os aprendizados, de serem úteis a engrenagem Divina, ficam paralisados no tempo e em sua evolução.

Geralmente são irmãos que mais cedo ou mais tarde apresentarão quadros depressivos, de pânico porque simplesmente têm medo de viver, medo de errar e até de acertar porque isso poderia trazer desilusões futuras.

Então preferem se esconder no passado, viver apenas aqueles momentos, retiram-se da vida ainda na vida. São irmãos que necessitam de grande ajuda, são realmente espíritos que adoeceram talvez já em vidas anteriores e apesar de todo tratamento passado antes de reencarnarem, nas desilusões da vida, no sofrimento que lhes atinge, acendem dentro de si um pisca de alerta e o seu inconsciente começa a lhe transmitir as desconfianças, dores armazenadas de outra existência.

É nesta hora que deveriam acionar a fé que guardam dentro de si e fazer o impossível para neutralizar tais sentimentos. Pois no início a tristeza que os invadem eles reconhecem ser sem razão. Quantas vezes não ouvimos desabafos que dizem : “Sinto uma tristeza que não sei de onde vem”.

Se não reconhece de onde vem é porque não é real, é passado distante, agora se insiste em procurar razões atuais para o fato, qualquer coisa ou alguém que nesta vida o desagradou automaticamente jogará a energia que já sente naquele fato como também qualquer outro que possa acontecer e essas contrariedades tomarão vulto em seu mental que ele passará a acreditar que realmente têm razão para se fechar, para não viver o presente atual.

Todos encarnados e até desencarnados passam por lições da vida, enfrentam desilusões, encontram-se com pessoas que tiram o seu chão, fazem escolhas erradas e sofrem as consequências, mas a diferença é que uns após período de assimilar e absorver o que aconteceu tirando apenas o aprendizado, retornam a normalidade, lutando pela vida, enterrando no passado o fato que desestabilizou.
Outros infelizmente por mais que tentem não conseguem enterrar no passado o mal, vira e mexe e o fato retorna a sua mente, até que o mina de tal forma que acabará criando pânico pela vida, porque viver é se arriscar, sempre haverá a possibilidade de novos sofrimentos ou até de novas lições para esmerilhar o espírito. Perdem até a confiança em si mesmos criando sempre uma grande ansiedade nas situações mais simples da vida.

Não julguem, não apontem o dedo, não os considerem egoístas, nem mesmo serem doentes do ego, porque a verdadeira razão para tais fatos normalmente está nas dobras do tempo, razão que adoeceu o seu espírito e eles apesar de tudo confiando no apoio e proteção espiritual a eles conferidos arriscam-se a reencarnar, sempre a procura da cura. Porque só enfrentando o problema conseguirão se curar e para isso dependem não só do mundo espiritual mas principalmente de todos que reencarnados a sua volta com certeza lhes prometeram apoio.

Reflitam apenas, um dia poderá lhes ser muito útil fiquem na paz de Cristo.




Ditado pelo Irmão da Paz

psicografado por Luconi
18-05-19

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é um carinho e um incentivo.